Logo sinpsi

Câmara dos Deputados impõe derrota a classe trabalhadora e aprova congelamento de salários dos servidores públicos

A Câmara dos Deputados aprovou na última terça-feira (5) o Projeto de Lei Complementar 39/20 por 437 a 34. A matéria agora voltará para o Senado, onde foi aprovada com alterações no último sábado (2).

Um dos votos contrários foi da deputada e psicóloga Érika Kokay (PT-DF) que reforçou a o projeto penaliza o povo. “Guedes afaga com trilhões o sistema financeiro e quer apedrejar quem está na linha de frente de combate ao vírus”, tuitou.

Apesar disso, destaques foram aprovados para excluir trabalhadoras e trabalhadores da saúde, educação e segurança pública desse congelamento. Além do congelamento dos salários, ficarão proibidas a contratação de trabalhadoras e trabalhadores temporários e a realização de concursos públicos até o final de 2021. 

Apesar da conquista de alguns profissionais ficarem fora do congelamento, o PLP mostra a lógica neoliberal destruidora do serviço público nesse governo que, ao invés de fazer com que os bancos paguem essa conta, vai colocar a maior parcela dessa ajuda nas costas das trabalhadoras e trabalhadores.

O SinPsi assinou a nota do Fórum de Entidades Sindicais representativas dos Servidores Públicos do Município de São Paulo contra a provação do projeto enviado para todos os deputados e deputadas e seguirá na luta contra mais esse desmonte do estado brasileiro. 

Imprensa

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of