Notícias

Seminário debate atuação da Psicologia na Assistência Social

No Brasil, aproximadamente 21 mil psicólogas (os) atuam no Sistema Único de Assistência Social (Suas). Com objetivo de debater a atuação desses profissionais e os avanços na área, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) realiza no dia 22 de agosto, às 10h30, o II Seminário Psicologia no Suas: contribuições, desafios e percepções. O evento será transmitido online pelo site do CFP.

A abertura será feita pela conselheira do CFP, Monalisa Barros e pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Teresa Campello. A coordenação da mesa ficará por conta da conselheira do CFP, Márcia Mansur. Os debates contarão com a presença da secretária Nacional de Assistência Social (Snas), Denise Colin, pela psicóloga e coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) em Euanápolis (BA), Rozana Fonseca, pela psicóloga e professora do Centro Universitário Una (UNA/BH), Lúcia Afonso.

Para Monalisa Barros, o Suas tem sido a política pública que mais inseriu psicólogos nos últimos anos na assistência social, levando os profissionais da Psicologia a quase todos os municípios brasileiros. Com esse cenário, a conselheira Federal lembra a necessidade de garantir que a orientação do exercício profissional chegue a cada um dos psicólogos que trabalham no Suas.

“Precisamos produzir referências técnicas que assegurem a qualidade da assistência oferecida. Além disso, é necessário construir a delimitação e alcance do campo de atuação da profissão dentro desta política de forma a conceber boas condições de trabalho para todos que nela atuam”, considerou Monalisa.

Sobre o debate, a conselheira Márcia Mansur adianta que será um espaço de discussão e de reflexão sobre a pratica da (o) psicóloga (o) no Suas. “Temos acompanhado o crescimento do trabalho da (o) psicóloga (o) tanto em termos quantitativos como em qualidade. Ao mesmo tempo, sabemos também dos desafios vividos por quem está na ponta da política. Por isso mesmo, a promoção de espaços formativos é tão importante”, destaca.

Segundo a palestrante Lúcia Afonso, a importância do tema está na contribuição para a construção de um sistema de assistência social que promova a proteção social básica do indivíduo, envolvendo diferentes conhecimentos sobre os sujeitos sociais, suas vulnerabilidades, suas potencialidades e formas de desenvolvimento de autonomia e vínculo social.

“Esta questão precisa estar presente na formação dos profissionais em Psicologia e nas diversas instâncias de formação, desde a graduação, pós-graduação, eventos e até capacitações”, afirmou a psicóloga, que também esteve presente no I Seminário, realizado em 2010, que discutiu uma nova abordagem da Psicologia na Assistência Social, pautada na política de defesa de direitos.

Lúcia falará sobre a necessidade de se desenvolver uma reflexão sobre o Suas como um sistema complexo e, a partir desse ponto de vista, sobre a necessidade de uma abordagem da complexidade e da interdisciplinaridade do conhecimento. “A Psicologia precisa se articular neste contexto”, diz.

O evento servirá como instância preparatória para o II Seminário do Fórum Nacional de Trabalhadoras e Trabalhadores do Suas (FNTSUAS), que acontecerá em setembro e discutirá a contribuição de cada categoria profissional para o Sistema Único de Assistência Social.

Durante a transmissão do II Seminário Psicologia no Suas, psicólogas (os) poderão contribuir com suas experiências, por meio do envio de e-mail para o CFP ([email protected]), respondendo às seguintes questões: “Qual a contribuição da Psicologia para o Suas?” e “Qual a relação da Psicologia com as outras categorias que trabalham no Suas?”.

Programação

“II Seminário Psicologia no Suas: contribuições, desafios e percepções”

Dia: 22 de agosto, quinta-feira

Horário: 10h30, com transmissão online pelo site do CFP

Abertura:

Monalisa Barros – conselheira do CFP;

Teresa Campello – ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Mesa de debate – coordenação da mesa:

Marcia Mansur – conselheira do CFP.

Debatedoras:

Denise Colin – secretária Nacional da Assistência Social (SNAS);

Rozana Fonseca – psicóloga, especialista em gestão social: Políticas Públicas, Redes e Defesa de Direitos, coordenadora do CRAS em Euanápolis/BA e criadora do Blog Psicologia no Suas;

Lúcia Afonso – psicóloga social e clínica, mestre e doutora em educação, pós doutorado em psicologia social. Leciona mestrado em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local no Centro Universitário UNA/BH. Consultora junto ao MDS para elaboração da metodologia de articulação PBF-PAIF, em 2006, e para realização de pesquisa sobre o trabalho social com famílias no PAIF, em 2009-2010. Desenvolveu consultorias para metodologias de trabalho social com famílias na assistência social em Belo Horizonte.

Deixe um comentário