Notícias

Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora de 1º de junho: CUTistas de todo o Brasil reúnem-se no Pacaembu por um projeto nacional de desenvolvimento

Nesta terça-feira, dia 1º de junho, o Estádio do Pacaembu, em São Paulo, será palco de um grande clássico brasileiro: a Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora, que reunirá cerca de 30 mil trabalhadores e trabalhadoras das mais diversas categorias e ramos de atividade econômica, de todos os estados do país.

O evento, intitulado Conferência da Classe Trabalhadora, é organizado pela CUT e demais centrais sindicais (FS, CGTB, CTB e NCST). O objetivo é apresentar aos trabalhadores e submeter à aprovação em Assembleia a Agenda da Classe Trabalhadora, documento com propostas das centrais para um projeto nacional de desenvolvimento com soberania e valorização do trabalho.

“A Agenda deverá ser uma referência nos debates da classe trabalhadora durante este ano”, diz Artur Henrique, presidente nacional da CUT. “Ela traz as propostas da CUT e das centrais a favor de um projeto de desenvolvimento com valorização do trabalho, distribuição de renda, igualdade e inclusão social, ou seja, temas que apontam avanços, que sejam de interesse da classe trabalhadora e da sociedade que aprova a continuidade de um projeto democrático e popular, e não o retrocesso”.

O evento terá início às 10 horas. Os portões do Estádio do Pacaembu começam a ser abertos por volta das 6h30.

O credenciamento de imprensa deve ser feito pelo e-mail: [email protected]

Abaixo, orientações gerais para as delegações da CUT:

1º de junho no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Agenda da Assembleia:

Manhã

7h00 – Abertura dos portões do Estádio Pacaembu para entrada dos(as) militantes

10h – Início da Assembleia

Tarde

14h – Encerramento (previsão)

Orientações Gerais:

1. PARA AS CARAVANAS DE ÔNIBUS – Todos os ônibus com delegações da CUT deverão dirigir-se ao Bolsão do Anhembi, localizado na Av. Olavo Fontoura nº 1500, ao lado do Campo de Marte. O acesso via Marginal Tietê estará sinalizado e haverá controle de trânsito pelos técnicos da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

De lá, a CET fará a escolta dos ônibus em comboios até a Praça Charles Miller (Pacaembu) para desembarque. Todos os ônibus retornarão ao Bolsão para estacionamento e voltarão ao Estádio, ao final do evento, para recolher as delegações (a partir das 14h00). Os ônibus serão proibidos de estacionarem no entorno do Estádio. A utilização exclusiva do trajeto proposto pela CET livrará os ônibus de receberem multas, visto que a região do Estádio do Pacaembu é “área restrita a ônibus fretados” pela Lei paulistana. Em anexo, segue mapa de localização do Bolsão e do trajeto.

Os ônibus com delegações da CUT deverão estar identificados com cartaz da central e do evento, afixados no pára-brisa dianteiro direito, que seguem anexados.

Cada ônibus deve ter um coordenador que possua telefone celular. Todos os passageiros do ônibus devem conhecer este telefone, para acionar o coordenador em caso de necessidade. O coordenador, por sua vez, deve portar lista com os passageiros do ônibus, com nome, RG e celular, além do nome e celular do motorista.

Para evitar problemas com o já complicado trânsito de São Paulo, que será agravado pelo evento, é fundamental que a chegada e o desembarque dos participantes seja antecipada ao máximo, para as primeiras horas da manhã do dia 1º de junho, se possível para antes das 7h00.

É proibido o desembarque no Bolsão. Banheiros e alimentação serão oferecidos exclusivamente dentro do Estádio.

2. HORÁRIOS E AGENDA DA CONFERÊNCIA / ASSEMBLÉIA – 7h00 – Abertura dos portões do Estádio do Pacaembu; 10h00 – Início da Conferência / Assembléia; 14h00 – Encerramento da Conferência / Assembléia.

3. OUTRAS FORMAS DE ACESSO – Não sugerimos o acesso ao Estádio do Pacaembu com automóveis, dada a grande afluência de ônibus no dia 1º de junho e devido às dificuldades de estacionamento. Utilizem o Metrô, através da Estação Clínicas, Linha Verde. A título de informação, no dia do evento estarão proibidos de circular os automóveis de placas com final 3 e 4, pela Lei do Rodízio de Veículos paulistana.

4. ENTRADA NO ESTÁDIO – A entrada no Estádio se dará com a utilização do ingresso previamente distribuído, que ficará retido nas catracas. Não será possível entrar sem ingresso e as centrais promotoras não possuem reserva para distribuição no local. Quem sair do Estádio não poderá retornar ao seu interior. Todos os portões do Estádio poderão ser utilizados para entrada, exceto os do chamado “Tobogã”. Pessoas com deficiência deverão ingressar no Estádio pelo Portão Principal.

5. A CUT DENTRO DO PACAEMBU – A militância CUTista deverá entrar SOMENTE pelos PORTÕES nº 3, 9, 13, 17 e PORTÃO PRINCIPAL.

IMPORTANTE: O portão de acesso para pessoas com deficiência é o PORTÃO PRINCIPAL. (Praça Charles Miller). Haverá uma tenda da cut no portão principal do Estádio, para informações, distribuição de materiais e ponto de referência dos nossos companheiros(as).

6. ALIMENTAÇÃO E ÁGUA – Todos os participantes receberão gratuitamente, na entrada do Estádio, uma sacola com lanches, suco e fruta. Copos de água mineral serão oferecidos gratuitamente aos participantes, dentro do Estádio. As lanchonetes e ambulantes autorizados pelo Estádio venderão seus produtos aos interessados.

7. DOCUMENTOS, CRACHÁ E BANDEIRA – A organização da Conferência / Assembléia distribuirá aos participantes um jornal com os documentos (Manifesto e Agenda), um crachá para votação e uma bandeira plástica com o logotipo do evento. Será autorizada a entrada de bandeiras das centrais / sindicatos com mastros de cano de PVC. Traga a sua!

8. ATENDIMENTO MÉDICO DE URGÊNCIA – Haverá atendimento médico de urgência e serviço de remoção disponíveis dentro do Estádio.

9. SEGURANÇA – A Conferência / Assembléia será evento histórico e a mais importante atividade do movimento sindical neste ano eleitoral, atraindo, portanto, grande atenção da sociedade e da mídia. As centrais sindicais promotoras estão trabalhando em sintonia fina para seu total êxito no campo político e no organizacional. Haverá uma grande equipe de segurança contratada pelas centrais dentro do Estádio, no controle das entradas, nas arquibancadas e no acesso ao palco. Do lado de fora, haverá grande contingente de Policiais Militares, pessoal do controle de tráfego (CET) e fiscalização da Prefeitura de São Paulo. Pedimos total colaboração com as autoridades (Polícia, CET e fiscais), que colaboram com a organização do evento, e com o pessoal da segurança contratada, que trabalha sob a orientação unitária das centrais. O momento será de unidade e confraternização entre os dirigentes, ativistas e trabalhadores das diferentes centrais. Qualquer provocação deve ser ignorada e comunicada imediatamente à segurança e à Direção da CUT.

10. RECOMENDAÇÕES GERAIS – a) evite vir com crianças e mulheres grávidas. Caso necessário, identifique-as com crachás, colocando nome completo, endereço e telefone; b) utilize roupas leves, tênis ou sapatos confortáveis, lembrando que neste período é comum a ocorrência de temperaturas mais baixas na cidade de São Paulo; c) traga sua capa de chuva; d) usar protetor solar; e) leve pouco dinheiro e um único documento de identidade.

Deixe um comentário