Notícias

8 de outubro: Dia da Psicologia Latino-Americana

A União latino-americana de entidades de psicologia, Ulapsi, celebra, a cada 8 de outubro, o Dia da Psicologia Latino-americana.

Testemunha-se, assim, a definição do princípio que se expressa em nosso documento maior, a Declaração de Puebla: “consolidar-se como um espaço de coordenação entre as distintas entidades da psicologia na América Latina, em busca de uma psicologia comprometida com a transformação das condições de vida da maioria dos nossos países e com a finalidade de superar as desigualdades sociais que caracterizam nossas realidades”.

Uma psicologia comprometida com a transformação, com a superação das desigualdades sociais. Esse é o pilar programático da Ulapsi. O melhor do pensamento latino-americano tem estado historicamente associado aos interesses autênticos dos povos deste continente, com os ideais de independência, justiça social, integração. Quando as ideias nascem e se põem a serviço das causas reivindicatórias, emancipatórias, libertárias, elas carregam em si o valor de suas origens. Dignificam as práticas de quem as abraça. Declaram consistentemente o dever de estar junto aos (às) mais necessitados (as).

As ideias científicas e profissionais da psicologia não devem ser, nem são, uma exceção. A produção mais autêntica da psicologia em nosso continente deve estar ao lado daqueles que assumem o compromisso e a responsabilidade com o presente e com o futuro de nossos povos. Dos povos originários, dos miscigenados culturalmente e constituídos, ao longo dos séculos de luta, como latino-americanos. A Ulapsi quer ser um chamado à responsabilidade das psicólogas e dos psicólogos da América Latina, um chamado a não nos encerrarmos em laboratórios, classes ou consultórios, enquanto que, na nossa geopolítica, nas práticas cotidianas de nossos países, a pobreza, a fome, o analfabetismo, a exploração, o desemprego, a exclusão, a discriminação, a depredação da vida e do entorno continuam sendo fontes de riqueza e acumulação de alguns, em prejuízo da maior parte.

A Ulapsi convoca e provoca para que os profissionais latino-americanos da psicologia, articulando os saberes e as práticas de nossa ciência, deem vida, plenitude, criatividade a uma autêntica psicologia latino-americana. Uma psicologia desde, com e para os povos latino-americanos. Neste 8 de outubro, Dia da Psicologia Latino-Americana, todas as entidades, todas as psicólogas e os psicólogos comprometidos com o ideário da Ulapsi, afirmamos com toda força, convicção e empenho: América Latina, estamos contigo!

Conselho Deliberativo da Ulapsi

O SinPsi considera de grande importância a celebração do Dia da Psicologia Latino-Americana. Mais importante ainda é reconhecer nossa identidade latino-americana, para que possamos falar de uma Psicologia que a represente. Mas é fundamental nos colocarmos a tarefa de construção de uma Psicologia latino-americana.

“No Brasil temos ainda predominante um pensamento psi que olha o hemisfério norte (europeu e estadunidense). Nossa produção teórica “conversa” muito em Francês e em Inglês, porém pouco em Espanhol”, observa o presidente do SinPsi, Rogério Giannini.

O sindicato se filiou à Ulapsi em busca de articular o tema das condições de trabalho [email protected] psicó[email protected] na América Latina.

“Esperamos, com nossa atuação, contribuir para uma psicologia latino-americana, que se ponha a conhecer e transformar nossa realidade social. Por mais justiça e em defesa dos valores democráticos!”, afirma Giannini.

Deixe um comentário