Notícias

Sindicato vai sediar ato em defesa do programa De Braços Abertos, nesta quarta

Após repercussão negativa do posicionamento da candidata à prefeitura de São Paulo Marta Suplicy,psicóloga por formação, as entidades da Psicologia e de defesa dos Direitos Humanos, incluindo o SinPsi, convocam [email protected] para o Ato “De Braços Abertos: Cuidado em liberdade e democracia”, na próxima quarta-feira, 28 de setembro, às 18h, na sede do SinPsi (Rua Aimberê, 2053, perto do metrô Vila Madalena).

Clique aqui e confirme presença via Facebook.

O que Marta disse?

Em entrevista nesta terça-feira (20/9) ao G1, Marta fez irresponsável ataque ao Programa De Braços Abertos, cravando um definitivo “não deu certo”. Ainda, no tema “cracolândia”, falou em trocar o modelo atual pelo da “abstinência”, desintoxicando em “2 a 15 dias” e voltando não para as ruas, mas para entidades religiosas, que serão conveniadas – “Porque o que cura é a espiritualidade”, disse. Segundo sua proposta, as entidades receberão da prefeitura selo de qualidade. Marta, para completar o que chamo de desresponsabilização do estado, ressaltou o uso de trabalho voluntário.

Irresponsável primeiro porque, ao contrário do que Marta diz, não é um fracasso. O programa tem números que comparados a outras modalidades de cuidado são muito melhores. Aliás, o cuidado não segregado, feito pelo reconhecimento dos direitos e da cidadania (incluindo também a dimensão do trabalho), tem outros efeitos na sociedade. A ideia da inclusão social é sem dúvida uma visão mais generosa da vida das diferenças, representando um avanço civilizatório frente a simples ideia de se apartar os inconvenientes.

Leia na íntegra o artigo de Rogério Giannini, presidente eleito do CFP e conselheiro do CONDEPE. Acesse o link https://www.sinpsi.org.br/index.php/artigo/

Vale ressaltar que, além de Marta Suplicy, o candidato Celso Russomano também desqualifica o Programa, chamando os usuários de zumbis. Já o candidato João Dória já afirmou que eliminaria o De Braços Abertos, por considerar alimentação do tráfico de drogas.

O Programa De Braços Abertos trabalha com a perspectiva da redução de danos e não obriga a abstinência.

Deixe um comentário