25 de julho dia do Motorista – Vidas perdidas no trânsito importam

Por Francinilda Souza Lima

No dia 25 de julho é comemorado o dia do motorista por conta do decreto lei nº 63.464 do dia 21 outubro 1968. Sendo assim o Sindicato dos Psicologos do Estado de Sp  homenageia a estes profissionais que são responsáveis pelo bom andamento da mobilidade humana e urbana.

 O motorista profissional tem grande responsabilidade no transporte de alimentos, mercadorias perecíveis, vidas humanas. Atuando como motorista de ônibus coletivos, taxistas, motoristas de ambulância, motoboy ou de aplicativos, fazendo girar a economia do Brasil.

O dia a dia do motorista é de grande estresse, cumprindo  horários para  bater metas ,com sua atenção voltada para as adversidades do trânsito respeitando as leis que exigidas , ter a capacidade de deixar os problemas pessoais em casa e muitas vezes encarar a falta e o distanciamento da família.

A lei 13.103/2015, altera alguns trechos CLT (Consolidação de Leis do Trabalho), trechos do CTB. Condigo de Trânsito Brasileiro) e trouxe algumas mudanças e benefícios para a categoria entre eles o que se refere à jornada de trabalho por 8 horas diárias, com intervalo de 30 minutos a cada 6 horas trabalhada para   descanso,  alimentação e higiene .O que promove a saúde e melhor condição de trabalho desse condutor.

 O trânsito é feito de leis, resoluções, comportamento humano, problemas, responsabilidades de fazer o melhor, é respeitar o direito de ir e vir das pessoas para chegar ao seu destino com segurança.

O cotidiano do motorista é complexo e cheio de fatos inesperados, por isso é necessário que sua saúde física, psicológica e o emocional esteja em equilíbrio. O ato de dirigir é complexo além de envolver habilidades veicular exige do condutor inteira conexão entre os aspectos físicos, emocionais cognitivos como: atenção, raciocínio, memória, tomada de decisões e algumas características de personalidade.

No atual CTB, o motorista passa obrigatoriamente em um intervalo de 5 anos pela avaliação médica e psicológica realizada por especialista em Trânsito,  para renovação da CNH. (carteira Nacional de Habilitação). No entanto está para ser votada no Senado o Pl. n. 3267/19 proposta inicial do Presidente Jair Bolsonaro, que ao passar pela câmara teve algumas modificações, porém ainda muito longe de ser ideal. Esse PL propõe  a flexibilização do CTB atual, propondo o aumento do  período da avaliação do condutor profissional ou não,  para o período  para  10 anos, entre outras mudanças nada adequadas . Essa flexibilização supõe que ao longo de 10 anos esse condutor não passe por nenhuma mudança física ou psicológica que possa interferir na condução do veículo.

Para homenagear estes profissionais que lidam todos os dias com a mobilidade Brasileira, escrevo alguns versos do Luiz Gonzaga.

A Vida do viajante.

Minha vida é andar por este país
Pra ver se um dia descanso feliz
Guardando as recordações
Das terras onde passei
Andando pelos sertões
E dos amigos que lá deixei

Chuva e sol
Poeira e carvão
Longe de casa
Sigo o roteiro
Mais uma estação
E a alegria no coração

Minha vida é andar por esse país
Pra ver se um dia descanso feliz
Guardando as recordações
Das terras onde passei
Andando pelos sertões
E dos amigos que lá deixei

Mar e terra
Inverno e verão
Mostre o sorriso
Mostre a alegria
Mas eu mesmo não
E a saudade no coração

Minha vida é andar por esse país
Pra ver se um dia descanso feliz
Guardando as recordações
Das terras onde passei
Andando pelos sertões
E dos amigos que lá deixei

Chuva e sol
Poeira e carvão
Longe de casa
Sigo o roteiro
Mais uma estação
E a alegria no coração

Ref.
Balbinet, A.B., Larab, M.A, Timmi, M.I..Funções Psicólogas e Cognitivas presentes no ato de dirigir e sua Importância para os motoristas no Trânsito.
Brasil. Lei 13.103 de março de 2015.
Gonzaga Luís. Musica: Vida de Viajante

Imprensa

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of